quarta-feira, 31 de agosto de 2016

"O MISTÉRIO DA INIQUIDADE"



MISTÉRIO DA INIQUIDADE"



 O apostolo Shaul (Paulo), em sua segunda carta aos tessalonicenses, predisse a grande  apostasia que teria como resultado o estabelecimento do poder papal. Declarou que: “... o dia do Mashyah não viria “sem que antes venha a apostasia, o homem que se separa da tanak, o destinado  perdição e se manifeste o homem do pecado, o que está destinado à perdição; o qual se opõe e se levanta contra tudo o que se chama יַהְוֶה Yahveh, ou toda a forma de adoração verdadeira; de sorte que se assentara, como יַהְוֶה Yahveh, simulando os moadim – o tempo sagrado de Yahveh, no templo de יַהְוֶה, querendo parecer  יַהְוֶה ” ... E, ainda mais, o apóstolo adverte os irmãos de que “já este mistério da iniquidade opera.” 2 Tessalonicenses 2: 3, 4 e 7. Aproximadamente ao tempo do martírio de Shaul (Paulo), pouco depois que escreveu estas palavras, no início do governo de Nero, surgiram as perseguições que continuaram com maior ou menor fúria durante séculos. Os seguidores do Mashyah, eram condenados como rebeldes ao império, como inimigos da religião e peste da sociedade. Grande número deles eram lançados às feras ou queimados vivos nos anfiteatros. Alguns eram crucificados, outros cobertos com peles de animais bravios e lançados nas arenas para serem despedaçados por cães. De seu sofrimento muitas vezes se fazia a principal diversão nas festas públicas perante vastas multidões que saudavam os transes de sua agonia com risos e aplausos. Onde quer que procurassem refúgio, eram caçados como animais. Eram forçados a procurar esconderijo nos lugares desolados e solitários. “Desamparados, aflitos e maltratados (dos quais o mundo não era digno), errantes, pelos desertos, e montes, e pelas covas e cavernas da terra”. Hebreus 11:37, 38. 

Os netzarim, foram perseguidos e mortos, eram seguidores de יהשועה Yahshuah há Mashyah! Eram o grupo que compunham o cavalo branco de Apocalipse, representados pela kehilah de Efsiyah (igreja de Éfeso). As catacumbas proporcionavam abrigo a milhares. Por sob as colinas, fora da cidade de Roma, longas galerias tinham sido feitas através da terra e da rocha; o escuro e complicado trama das comunicações estendia-se quilômetros além dos muros da cidade. Nestes retiros subterrâneos, os seguidores de Mashyah sepultavam os seus mortos. Durante este terrível período satanás não conseguiu deturpar a verdade. Mesmo naqueles primeiros tempos, viu ele, insinuando-se, erros que preparariam o caminho para o desenvolvimento do papado, o que aconteceu gradativamente nos quatro séculos  posteriores. Pouco a pouco, silenciosamente, e depois mais as claras, a medida que o mistério da iniquidade crescia em força, e conquistava o domínio, isto foi acontecendo e se consolidou com o passar dos séculos, tanto que a  verdade hoje parece totalmente estranha e desconhecida, foi varrida da mente das pessoas. Quase imperceptivelmente os costumes greco romanos do paganismo foram se misturando com as verdades das Escrituras, surgindo assim um sistema que manipulou a mente grande massa, ignorante, maltratada, perseguida e sem informação, e a este sistema que anteriormente era o governo imperial romano, agora com uma roupagem religiosa, nesta ocasião substitui o imperador pelo bispo de Roma. Neste cenário mutante, Constantino – imperador romano, antes de uma batalha, teve uma visão no céu, quando olhava para o sol, viu as letras gregas XP (Chi - Rho, as primeiras duas letras de Χριστός, "Cristo") entrelaçadas com uma cruz apareceram-lhe enfeitando o sol, juntamente com a inscrição "In Hoc Signo Vinces" — latim para "Sob este signo vencerás". Constantino, que era pagão na altura (apesar de que provavelmente sua mãe fosse cristã), colocou o símbolo nos escudos dos seus soldados. Lutou e ganhou. Surgiu então o Cristo - do grego Xριστός, "Christós" - ungido dos raios do sol, que ficou no lugar do Mashyah – que significa ungido de Yah (Yahveh). Surgiu o cristianismo,  os seguidores de Cristo     

 MONOGRAMA DE CRISTO que até hoje é um símbolo papal. São as primeiras letras do nome de Cristo em grego.  O “X” pronuncia-se – quis    O  “P” tem um som “R” O Mashyah não é o Cristo! No primeiro século o grupo de seguidores do Mashyah, era chamado de netzarin – seguidores do Nazareno e não cristãos. A palavra “cristão” foi inserida nas bíblias que eram cópias em latim das Escritura hebraica. Surgiu o mistério da iniquidade! O que formou o mistério da iniquidade?: Os templos greco romanos inspiraram a substituição do Templo de Yahushalaim que os romanos destruíram no ano 70 por Tito. Sumo pontífice oficialmente foi colocado como uma imitação do Koren Gadol (Sumo Sacerdote) -  ano 508 Doutrina da trindade –  em lugar do Trono de Ambos (Zacarias 6:12 e 13) -ano 325. Espírito Santo substituiu o Rukha ou Ruach kadoch – vento, sopro, emanação  e ou poder sagrado. A Escritura –  Tanak - que foi traduzido para o greco  com o nome de Septuaginta,  continha o tetragrama sagrado, יַהְוֶה. Em cópias posteriores o tetragrama foi substituído pela palavra Kririos (Senhor) e na Vulgata Latina, a tradução para o Latim, foi inserido a palavra Deus – uma referência a Zeus IEVS, IESOUS depois Jesus com o surgimento da letra "J"  inventada pelo francês Pierre de la Rammé – significando "salve Zeus" ou IE- deus  + SUS  porco em hebraico e cavalo em latim um nome composto em blasfêmia cumprindo a profecia de Apo. 13:6  substituiu o único nome que salva  יהשועה Yahshuah (salvação de Yah)  O Mashyah – ungido de Yah – substituído por Cristo – ungido do sol.   Nazarenos foram substituídos por cristãos.  O nome da nação - Yahshorul - que significa Yah justo supremo por Israel - referência a Isis, Ra e Bel.  Ul him - que significa Soberano de poderes por - elohim - El - referencia a Bel   A cruz substituiu o madeiro ou estaca de tortura tornando-se um dos símbolos da nova religião.   As Escrituras eram proibidas, sob pena de morte, e só a tradução latina (em latim) era permitido serem ouvidas nas missas lidas apenas por padres e bispos.  Vulgata Latina,  substituiu a Tanak – (torah – ketuvim, e navyim) com o nome de “Velho Testamento”  e a  Brit hadashah, agora com novo nome – Novo Testamento, ambas traduzidas do grego e não da língua original dos profetas, discípulos e apóstolos, com adulterações dos nomes verdadeiros, que começam a serem distribuídas largamente por Sociedades Bíblicas, ao redor do mundo. O Festas do Eterno – os Moadim – foram deturpadas e esquecidas, substituídas por feriados cristãos observados até hoje em datas de um calendário romano. O calendário real com a contagem do tempo do Criador que se encontra nas Escrituras com o ano(movimento de translação) iniciando em Abibe foi substituído ela adoração a Jano deus de 2 faces. A lua que marca os meses e semanas (movimento de lunação e suas fases) com início na lua nova (primeira crescente) foi substituído num calendário apenas solar, as horas e o início do dia foi modificado para início a meia noite (o primeiro minuto depois da meia noite) Os movimentos de escrita originalmente, da direita para a esquerda, foi substituída pela escrita da esquerda para a direita. Os movimentos dos astros sol e lua que caminham no céu da direita para a esquerda, como indicadores do tempo,  foram substituídos por movimentos horários contrário a evolução natural,  inserido nos relógios artificiais com algarismos romanos no lugar de numerais. 



 O primeiro mês, conhecido por Abibe, e os outros meses, designados por numerais atualmente homenageiam deuses greco romanos, como: Jano - deus das 2 faces que olha para o futuro e o passado; Februária festa de oferenda aos mortos em Roma; Marte – deus da guerra; Abril – Aperire  - (abertura da flores) em honra a Afrodite; deusa Maia mãe de Mercúrio; deusa Juno; homenagem aos imperadores  Júlio césar e César Augusto. Os meses Setembro, referente a 7;  Outubro a 8; Novembro a 9 e Dezembro a 10, ficaram fora de lugar. O verdadeiro shabat, que sempre foi marcado como o sétimo dia após a lua nova, sendo seguido de 6 dias de trabalho, e seguindo assim como cada sétimo dia até o final da lunação (29 dias , 12 horas, 44 minutos e 33 segundo aproximadamente)  até a próxima lua nova, que está marcado no céu, nas fases da lua foi substituído por falsos dias de repouso, como o dia de saturno - saturnday e o domingo - dia do sol que acontece em semanas sequenciais.   A semana natural marcada pelas fases da lua foi substituida pelo mito das semanas sequenciais. Foi criado, e ocultado o calendário Juliano com 8 (oito) dias representados por letras de “A” até a letra “H” e mudado aleatoriamente sempre os pontífice achassem necessário. Doutrinas, cerimônias idolátricas, ritos, superstições, deram origem a cultos e missas, trazendo em seu seio toda a sorte de crendices, em substituição a verdadeira adoração implantada biológica, astronômica e cronologicamente através da pura palavra do Soberano Yahveh. Esses fatores juntos ou fracionados, formam o mistério da iniquidade, um poder, rotina, crença governo monárquico, uma religião mãe e suas filhas, (as ramificações com algumas diferenças) que hoje se assenta em diálogos ecumênicos, ou são observadores de tais diálogos, une hoje os pretensos seguidores do “Cristo”, em baixo de uma mesma bandeira levantada por Constantino, consolidada pelo papado e que hoje leva o nome de cristianismo. Satanás conseguiu pela habilidade e artimanha o que não pode conseguir pela força! Sempre houve e haverá duas classes de pessoas, os que se conformam e adequam suas vidas com o erro, e os que se afastam e defendem a verdade mesmo sob lutas, pessoas cuja presença e ensinos causam ódio e oposição. O Príncipe da Paz, veio trazer a espada. A espada nas mãos daqueles que odeiam a pureza das Escrituras. E a paz que inunda os que aceitam os sagrados ensinos, e estão reconciliados na shalom de Yah! 

Por
Ivonil F.Carvalho

Diná Soares


velocímetro

terça-feira, 16 de agosto de 2016

A TRINDADE É CATOLICA ROMANA

                                     A  TRINDADE  ROMANA




A trindade  nasceu  no  ano  325 e c; juntamente com  o  1°  dia  da semana-Domingoem substituição  ao 7º  dia... criados  pelo  então  imperador  romano  Constantino, e o  papa  s silvestre e  mais  318  bispos=hoje  tem  igreja que  faz  a...dos  318  pastores!. 
E  oficializada  no  ano  381  pelo  imperador  Teodosio  e  o  papa  Damaso, e mais  150  bispos  catolicos  no  concilio  de constantinopla=Almanaque Abril  cultural  de 1987  pgs 490 a 493;Ela  é  tão  santissima,  quanto  a  santa  igreja  catolica,  e o santissimo  papa.


Sobre  esses  dois  concilios  cristãos catolicos  lemos  no  livro"Documentos  da Igreja  Cristã"  pg 130;  por H. Bettenson; o seguinte....nos  estamos   convencidos  de  que  a fonte  e  o  sustentaculo  de nossa  soberania,  sua  força e inexpugnavel  defesa, é  aquela  única  e verdadeira  fé que,  por  inspiração  de  Deus;  foi  publicada  pelos  318  santos  padres  reunidos  em  Niceia (325) e  confirmada  pelos 150   santos  padres  que  de  modo  semelhante  se reuniram  em  concilio em Constantinopla (em 395) a fim  de promover em toda a parte,  o crescimento da santa  igreja catolica.
No mesmo  livro  pgs 51-53.
Encontra-se  uma  carta do então Imperador Romano Teodosio 1º; Enviada ao  papa Dâmaso,  datada  do  ano 381 era  do mashiach.
Contendo  o seguinte teor  sobre a recem  nascida  Santissima  trindade...Queremos  que  as  diversas  nações  sujeitas   a nossa  clemencia e moderação; Continuem professando         a religião legada      aos  romanos pelo Apostolo Pedro. Tal  como  preservou a tradição fiel,  e como  é presentemente observada pelo pontifice  Dâmaso...varão  de santidade apostolica.  De conformidade  com  a doutrina  dos apóstolos  e o ensino  do evangelho.  Creiamos  pois, na  única  divindade  do pai e do filho, e do espiritoSanto e, em igual  magestade e em trindade santa.
Autorizamos   aos seguidores dessa lei....trindade  santa...a tomarem o titulo  de  cristãos. E  descansarem  no  venerado dia  do...natallis  solis invictus==dia  do nascimento  do sol invencivel... Referente aos  outros  que  julgamos  cheios de tolices....Os  que  não  criam  na  trindade e nem eram crsitãos...queremos      que sejam estigmatizados  com  o nome ignominioso de “herejes”   E que  não  se atrevam  a dar aos  seus  conventiculos,  o  nome  de eklesia=igreja.  Estes (herejes)  sofrerão  em primeiro  lugar  o castigo  da divina condenação, e em segundo  lugar, a punição  que  nossa autoridade,  de acôrdo com a vontade  do  céu, decida infligir-lhes; Sejam eles excluidos  dos  Edificios  Eclesiasticos,  pois  não estão autorizados a celebrar  suas  assembleias ilegais,  dentro  dos  povoados, Se tentarem  qualquer  distúrbio, ordenamos eliminar e  explusar  das  cidades  a  esses  frenéticos,  de  modo  que  as Eclesias=igrejas cristãs, possam ser...no  mundo inteiro  recolocadas  nas  mãos  dos  Bispos  ortodóxos  que  confessam  o  credo  de Nicéia=Trindade;  Decretamos  perpetuamente  que  os Bispos  de qualquer  outra  provincia  nada  intentem  contrário aos  usos  antigos sem a  autorização  do venerável  papa da  cidade eterna=Roma.  Mas,  seja  "LEI" para  todos,  o  que     decidiu a “santa  sé”.
........trindade egipcia....

A trindade de outras religiões.

Brahma, Siva e Vischnu – dos hindus
Osiris, Isis e Orus – dos egípcios
Ea, Istar e Tamus – dos babilônios

... Zeus, Demétrio e Dionísio – dos gregos

Orzmud, Arimam e Mitra – dos persas

Voltan, Friga e Dinas – dos celtas



Que coincidência, não?



Na antiga babilônica a Trindade era formada por Nimrod o PAI, Tamuz o FILHO, e Semíramis a MÃE.
Existia a “TRINDADE” do Deus “Anu”, “Bel” e “Éa”. 

Anu era o Deus do Céu; Bel, nascido de Anu, era o Deus da Terra; e Éa era o Deus das águas, sendo que os 03 não eram um só Deus, mas sim, 03 Deuses que governavam setores separados do mundo. 



No Egito havia a TRINDADE formada por Osíris, Isis e Hórus.

E Aton o Deus Pai, Hórus o Deus Filho, e Rá o Espírito. 
Já no hinduísmo Brahma é o aspecto CRIADOR, Vishnu o PRESERVADOR e Shiva a MUDANÇA ou o RENOVADOR, pois para construir algo novo, Shiva primeiro destrói o antigo. 

Vishnu, Shiva e Brahma formam a TRINDADE “Trimurti”, que são as três formas em sânscrito do Deus indiano. Foi após o Concílio de Nicéia de 325 d.C. que os deuses PAI, FILHO e ESPÍRITO viraram a Trindade católica. Como  foi citado  acima.

..........................................trindade  budista........................








 O conceito da Trindade provém da antiga Babilônia, onde o deus-sol Xamaxe, o deus-lua Sin e a deusa-estrela Istar eram adorados como tríade. O Egito seguiu o mesmo padrão, adorando Osíris, Ísis e Hórus. O principal deus da Assíria, Assur, é retratado com três cabeças. Seguindo o mesmo modelo, há igrejas católicas em que podem ser encontradas imagens que apresentam Deus com três cabeças.


O  periodico  catolico-Ave  Maria-edição  de Junho  dee 1999-pg-14   diz... a Igreja define O DOGMA DA  TRINDADE...como  a crença de que  em  Deus existem  trêa  pessoas,  as  quais  subsistem  numa única  natureza (interessante  não?...3  em  1)  Tal  definição,  no entanto  só  se cristalizou  nos  seculos  IV  e V, frutos  dos concilios ecumenicos  de Niceia 325;  e constantinopla 381. Por conseguinte,  não  se  trata  de uma  definição  formal ou explicitamente  biblica.

..............................trindade  indiana.....

 Vê-se,  que  o  proprio  catolicismo  cristão  afirma  ser a  teoria  da  trindade  um  Dogma  cristão;  e não  uma  doutrina  biblica!
A  partir  do  inicio  do 3º  seculo;  houve  uma  grande  cisão  no  meio  do  movimento  pós apostolico,  sobre  a definição   “pai  filho  e Espirito santo”.  Dalí  sairam   três  teorias  que  está  em  plena  discussão  até  hoje.
ARIANISMO=criada por  Ário  um bispo  de Alexandria; O  Pai  Eterno  existe  por  si mesmo; o  Filho  criado...o  principio  da  criação  do  Eterno; espirito santo  Rukha  hakadosh;  força  ativa  de Yahveh.
SABELIANISMO=  criada  por  Sabelio  bispo  de  Efeso;  Um  só  Criador  em  três  manifestações  cronologicas; Pai,  filho  e espirito  santo.
TRINITARIANISMO=criada  por Atanasio=bispo  de Sardes;  um  só  Criador  em  três  pessoas  distintas.. deus  pai-deus filho-deus espirito santo.
É  duro  ter  de  engolir  isso  não  senhores  trinitarianos?Outro  escritor  relatou  um  fato  deveras  intrigante  sobre a trindade;  Vejamos...O  arianismo  essencialmente  heterodoxo,  originado  com Ário  em  312 e.c e plenamente  difundido  entre  os povos  bárbaros  da Italia  e norte  da Africa,sendo  contrário à  doutrina...CATOLICA DA  TRINDADE...constituia-se num estorvo  ao  desenvolvimento  do papado; O santuario  que  os  imperios  não demoliram; por  Peter Murvil  pg 26.Entre  essas  e outras  evidencias  biblicas  e historicas, fica  mais  que  claro.   Que a teoria  da  trindade é  uma  porção  fantastica  do  calice  de Babilonia,  que  ela  deu a beber       a  todas  as  nações  e faz  parte  do  sinal  da  besta 666.
Hizayom=Apocalipse  5,6. Relata  que  Yahveh  possui sete espiritos...enviados  a toda  a terra.




                                                    ......trindade  cristã.....

Se fossemos  acreditar que  o Espirito Santo  seja  uma pessoa. Teriamos que dividi-lo  aqui em  sete pessoas,  já  que são sete espiritos.  O  nº  7  nas Escrituras é simbolo  de totalidade  e perfeição.
Portanto  essa  passagem  fala  dos  sete atributos do  Rukha  hakadosh  de Yah; Yashayahu=Isaias 11.”Espirito de...sabedoria...de...inteligencia...de...conselho...de fortaleza...de conhecimento...de temor...e de justiça;
Esse  Rukha  hakadosh estaria  no  mashyah...como  ele  mesmo  disse...O Ruach  hakodesc  de Yah está  sobre  mim,  pois  me  ungiu...Yashayahu 61,1,2.  O profeta Danyahu=Daniel...viu  um  Attiq  yomin=ancião  de  dias;  e o  filho  do  homem “Yahshuah”  Dan-7,9-13.
Estevam  quando  apedrejado...viu  Yahshuah hamashiach em pé  a destra  de  Yah; Atos  7,56.
Yachonam=joão contemplou...uma  grande  multidão clamando  com  grande  voz dizendo; salvação ao  nosso Yah que está assentado  no  trono,  e ao Cordeiro Yahshuah...e vi continua ele...toda  criatura  no céu, na terra...no  mar... proclamarem.  Àquele “Yah” que está sentado  no trono e ao Cordeiro”Yahshuah” pertencem o louvor, a honra, a poder  e o domínio  pelos séculos  dos séculos...Hizayom=Apocalipse 5,13.  e  7, 9,10.
Em ambas  as  visões  dos servos  de Yahshuah, foram  vistas  apenas  duas  pessoas  no  trono celestial. AS  Escrituras não  fazem  nenhuma  menção  de  uma  terceira  pessoa  entronada  no  céu.
Outrossim,  os  redimidos no  sangue  do Cordeiro...eram 144.000 que  em suas  testas  tinham escrito o  nome do cordeiro,  e de seu  Pai...Yahshuah=Yahveh é salvação.  E  não o nome  da trindade  romana,  mostrando assim  que os  que  estão selados  nas  suas mentes  com a santissima  trindade;  Não  ressuscitarão  para   a vida  eterna. Referindo  a sua sheni biat mashiach=segunda vinda  o  mashiach  relatou...quando  vier  o  filho  do homem, na  sua gloria , na do pai, e dos  santos  anjos; Lukas 9,26. Não disse na  gloria  de  uma  terceira  pessoa,  será que  se esqueceu?
Pelo  contrário, Yahshuah disse,  que...a vida  eterna  é essa, que ti conheçam a ti só”Yahveh” por  unico Eterno verdadeiro...e  em Yahshuah hamashyah  a quem enviaste; Yachconam=Joaõ 17,3.  Essa é  a fé que  nos leva  a vida eterna. Qualquer crença  fora  dela, é  falsa.
E  por via  de  regra,  como  poderia  o Espirito Santo ter  um  corpo  fisico  como pessoa.  Se Yahshuah  disse...Espirito  não tem  carne  e nem ossos  como  eu  tenho; Lukas 24,39.
espirito  vem  do  hebraico 
ruach  hakodesch=sopro sagrado. 
do  aramaico Rukha  hakadosh=sopro  santo

do  grego=  pneuma=folego;


De onde  tiraram  espirito  pessoa?

Só  poderia  ter  sido  mesmo  coisa  de  Roma; a grande  prostituta  que  embriagou  os habitantes  da terra,  incluso as  suas  filhsas,  com  o  vinho da sua  devassidão; Apo,17,  e 18
Ivonil  ferreira ...Shalom..

sábado, 6 de agosto de 2016

ESTAMOS MESMO NO ANO D E 5985?

Estamos mesmo no ano 5985?
Quatro Mil Anos A contagem do tempo atualmente é fácil e bem precisa, entretanto há dúvidas que se associam a cada período , diz-se que é quase impossível determinar,  sequer aproximadamente, a data da entrada do pecado, ou seja o início da contagem da história das escrituras. 

Mais de 140 datas diferentes são apresentadas pelos cronologistas, desde a computação judaica (a mais curta) 3483 anos antes da era comum (cristã), até o cálculo de 6984 anos como estimou Afonso de Castela. Conclui-se daí que o problema é insondável.

 A aceitação de que o Mashyah veio exatamente 4000 anos depois de Adão, sem dúvida originou-se na Epístola de Barnabé que diz - " o mundo terá seu período sabático - 2000 anos antes das promessas, 2000 anos até a era da Redenção, e dois mil anos da era pós o Mashyah - e então o milênio de descanso. A identificação desta carta com o colaborador de Paulo (Shaul), foi adotada por Orígenes e o argumento aduzido se deve a que a carta fora encontrada entre os escritos da Brit hadashah (Novo Testamento), nos manuscritos Sinaíticos. Este argumento também é responsável pela inclusão da carta entre os livros canônicos, inspirados, por parte de Clemente e Orígenes... Contudo Eusébio e Jerônimo não aceitaram este argumento e excluíram a carta dentre os livros inspirados.  Mas a exatidão cronológica escriturística impressiona! "Um pouco aqui, um pouco ali" as informações colhidas formam um quadro bem claro em que ano estamos afinal? Lemos em:   * Bereshit  (Gên.) 6:3  - "Seus dias serão 120 anos..." Na realidade não vemos mesmo pessoas vivierem alé desta data. Mas se levarmos a palavra "anos" para a forma "Ano Yovel" (ou Ano Jublileu) Temos o intrigante produto de 6000 anos. 50 x 120 = 6000 Será que além dos 120 anos literais, corresponder a nossa vida biológica, temos aí um Selah (meditar a fundo- pensar profundamente), um Drash (enígma ou alegoria) ou um Sod (mistério ou algo profundo)?

O que podemos afirmar é que 120 jubileus correspondem a 6000 anos. A cada grupo de 40 jubileus tivemos acontecimentos pontuais que marcaram significativamente a história humana: Inaugurando a contagem do Yovel (Jubileu)  - O primeiro 14 de Abibe do primeiro ano de nossa história - O primeiro cordeiro é morto simbolizando o sacrifício de Yahshuah.  40 jubileus 2000 mil anos- Abrão oferecendo a Isaque no dia 14 de Abibe um antítipo. 80 jubileus 4000 mil anos - Yahshuah morre no ano 31 da nossa era cumprindo a Pessach! 120 jubileus 6000 anos - Fim da semana de milênios.ano 2031. A pergunta é o que pontuará este ano nas datas dos  Moadim (Festas do Eterno)?

 Os símbolo da Tanak (Antigo Testamento) apontavam para o acontecimentos que foram cumpridos em datas especificas: A imersão(batismo) de Yahshuah  ano 27 (muito provavelmente na Sukot) - início da obra do Mashyuah   A morte de Yahsuah - cumpriu a Pessach (Páscoa) dia 14 de Abibie ano 31. O Bikirim (Festa das Primícias) cumpriu-se na ressurreição - dia 16 de Abibe ano 31. O Shavuot (Festas das Semanas ou Pentecostes) - cumpriu dia 09 do 3ºmês ano 31, com a descida do rukha kadosch (espírito santo). O Yom Kippur (dia da Expiação) - cumpriu-se dia 10 do 7º mês em 1844 (22 de outubro data gregoriana) - terminado a profecia das 2300 tardes e manhãs ou 2300 anos.

 Profecias pontuando os 4000 anos: * TC, pág. 30. O Filho de Yahveh humilhou-Se e tomou uma natureza humana, depois de haver a raça vagueado quatro mil anos fora do Éden e do seu estado original de pureza e retidão. Temptation of Christ in the Wilderness. (Reimpresso em ST de 11 de junho de 1874, RH de 28 de julho de 1874 e 1ME, pág. 267).  TC, pág. 46. Por quatro mil anos esteve Satanás operando contra o governo de Yahveh e dessa pratica obtivera força e experiência. (Reimpresso em ST de 9 de julho de 1874, RH de 18 de agosto de 1874, pág. 280).  ST, 15 de novo de 1877. Que contraste a este ser perfeito apresentou o Segundo Adão ao entrar no deserto para medir-Se com Satanás. Por quatro mil anos estivera a raça a decrescer em forças físicas, vigor mental e moral. 1888 — GC, pág. 328. Com o grande sacrifício oferecido sobre o Calvário, terminou aquele sistema cerimonial de ofertas, que durante quatro mil anos havia apontado para o Cordeiro de Yahveh.  GC, pág. 546. 




Se durante quatro mil  anos os justos tivessem, por ocasião da sua morte, ido diretamente para o Céu, como poderia Paulo ter dito que se não há ressurreição “os que dormiram em Mashyah estão perdidos”? Não seria necessário ressurreição. As datas variam por volta do ano 27 - ano da imersão e unção de Yahshuah se tornando Ha Mashyah (o ungido de Yah) - e aponta também para o ano 31, mais especificamente dia 14 de Abibe na Pessach, o que faz maior sentido! O que vemos claramente é que os 4000 anos foram completos durante os últimos 3 anos e meio da vida do Mashyah, no início ou no fim. Ano 27 ou ano 31. 
Aqui vamos considerar a data do ano 31 como atingindo o total de 4000 anos para fazermos nossos cálculos. Sendo assim, neste  ano de 2016, estamos no ano 1985 na realidade. 1985 anos após a data da Morte do Salvador, que foi em 14 de Abibe do ano 31! 2016 - 31 = 1985 Mas como nesta data a história completou 4000 mil anos, o cálculo então fica facilmente óbvio! 4000 + 1985 = 5985 - O nosso ano cronológico histórico! como criar um blog



Por Diná Soares
Ivonil Ferreira  d e Carvalho