sexta-feira, 30 de setembro de 2016

O SEXTO SELO-NOVO

 

SEXTO  SELO  DE 1755(no calendário  luni-solar  do Criador  Yahveh,   (ano 1724  A 2043) (no calendário  luni-solar  do Criador  Yahveh, ano 6012)

"E havendo  aberto  o sexto  selo,  olhei  e eis  que  houve  um  grande  terremoto,  e o  shemesh=sol  tornou-se  negro  como  um  saco  de silício, e  a lua...como sangue. E  as  estrelas  caíram do shamaym=céus  sobre  a  eretz=terra,  como quando  a figueira  lança  de si  os  figos  verdes, abalada  por  um  vento  forte! E  o shamaym=céus retirou-se  como  um pergaminho  que  se enrola.  E  todos  os  montes  e  ilhas  foram  removidos  dos  seus  lugares.  E  os  reis  da  terra e os  grandes  e os  ricos  e os  tribunos e os poderosos, e todo  o  escravo  e todo  o  livre, se esconderam  nas  cavernas;  E diziam aos  montes  e  aos  rochedos,  caí  sobre  nós  e escondei-nos  do  rosto  daquele  que  está  assentado  sobre  o  trono, e da  ira  do Cordeiro;  porque é  vindo  o  grande  dia  de sua  ira, e quem  poderá subsistir? Gilyahna (Apo) 6,12-17.


O TERREMOTO DE LISBOA CAPITAL DE PORTUGAL EM 1755

 Sismo de Lisboa de 1755
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sismo de Lisboa de 1755
1755 Lisbon Earthquake Location.gif
Localização provável do epicentro do terramoto de 1755
Data1 de novembro de 1755
Magnitude8,5 - 9,5 (est.) MW
EpicentroRegião do Banco de Gorringe
36° ′ N 11° ′ W
Vítimasas estimativas variam entre
os 10 000 e os 90 000 mortos em Lisboa.

Gravura em cobre de 1755 mostrando Lisboaem chamas e o tsunami varrendo o porto.
Osismo de 1755

Impacto na sociedade

O Grande Terremoto

Um dos terremotos mais extensivamente sentidos de que se tem notícia, ocorreu em 1º de novembro de 1755. É chamado, algumas vezes, “o terremoto de Lisboa”, porque a maior parte dessa cidade foi destruída, com perda estimada de 60 a 90 mil vidas. O mar subiu cinquenta pés acima do seu nível normal.

...no calendário  luni-solar  do Criador  Yahveh,  essa data ocorreu  no  dia  27 do 8° mês   do ano 1729...a lua  estava quase entrando em conjunção!

“O terremoto de 1º de novembro de 1755 estendeu-se por uma área de pelo menos seis milhões de quilômetros quadrados. Ele atingiu a maior parte dos continentes da Europa, África e América; mas sua extrema violência foi experimentada na parte sudoeste da Europa.” “Na África, esse terremoto foi sentido quase que com a mesma intensidade que na Europa.... É provável que toda África tenha sido sacudida. Ao norte,  ele se estendeu para a Noruega e  Suécia; a Alemanha, Holanda, França, Inglaterra e Irlanda foram todas mais ou menos agitadas pela mesma grande e terrível comoção dos elementos.” - Roberto Sears, Wonders of the World, págs. 50, 58.

Terremotos são um sinal da breve volta dE  YAHSHUAH  HAMASHYAH. Ter­remotos devastadores têm ocorrido durante este século, causando grande devastação de vidas: S. Francisco, Jamaica, Chi­na, Japão, México, Turquia e outros.

O ESCURECIMENTO  DO SOL E DA LUA...!!

      "O shemesh=sol  tornou-se negro, e a lua  em sangue"



O dia primeiro do corrente ficará memorável há todos os séculos pelos terremotos e incêndios que arruinaram uma grande parte desta Cidade.
— Gazeta de Lisboa, Novembro de 1755.

Essa  mesma cena  foi  ouvida  por Yachanam=João  da  boca  de Yahshuah  cerca  de 60  anos  antes.
Quando  o Mashyah disse  aos seus  talmidim=discípulos...o  shemesh=sol   escurecerá, e  a  lua    não  dará a sua  luz, e  as estrelas  cairão  dos  shamaym=céus, e  as  potencias  do shamaym serão abaladas; Matittyahu=Mateus 24,29.
O  sexto  selo abrange portanto,  um período  de 288  anos, inicia-se  com  o  grande  terremotos  de Lisboa  ocorrido  no  ano  de 1755  e  finda  no  ano  de  2043 na  sheni  biat  Mashyah=2ª vinda  do Mashyah.
Esse  terremoto  aconteceu  em 1 de Novembro  de 1755. Passados 25  anos   já  em 1780  veio  o  dia  escuro; com  o escurecimento  do  shemesh=sol  e  da lua;  E  53  anos  mais  tarde  em 13  de  Novembro  de 1833 veio a  chuva  de  estrelas.   Esse  Terremoto  foi devastador,  por isso é  conhecido  como o  grande terremoto  de Lisboa; Ele estendeu-se  pela  ilha  da madeira,  na Noruega,  pela  maior  parte  da Europa,  África, e America, foram sentidos  nas  índias  ocidentais,  na Suécia, Grã-Bretanha  e Irlanda.  Abrangeu  uma  extensão  de  mais  de 10  milhões  de quilômetros  quadrados.  Na  África  o choque  foi  tão  grande,  quase  como  na Europa. Grande  parte  da Argélia  foi  destruída.  E  a pequena
Distancia  de Marrocos,  foi  tragada   uma  aldeia  de aproximadamente  10  habitantes.  Uma  vasta  onda  varreu   a  costa  da Espanha e da África, submergindo  cidades  e causando  grande  destruição.
O escurecimento  do  sol  e da  lua  veio a acontecer em 19  de  maio     de 1780. A  extensão   dessa escuridão  foi  muito  notável. A  leste  foi  observada  até  a  nova Inglaterra,  hoje  EE  UU. Com respeito  a  sua  duração,  foi  de aproximadamente 13  horas!
Iniciou-se  pelas  10  horas  da  manhã e   continuou  até  o  meio da  meia noite seguinte. A  Aparência e  os  efeitos,  foram  de  tal  maneira, a tornar  a perspectiva  extremamente  sombria  e melancólica!. Ascenderam-se  velas  nas  casa,  os  pássaros  depois  de cantarem  suas   canções  vespertinas,  desapareceram em  silencio.  As  galinhas retiraram-se  para  os  poleiros, e os  galos  cantaram  derredor  como  que  de madrugada.  Não  os  podia  distinguir,  os  objetos  senão a vista  de poucos  centímetros  dos  olhos!

Não  é  conhecido  pela  ciência  humana, a  verdadeira  causa  desse  notável  e grandiosos  fenômeno.  mas...os  sábios  entenderão...foi  dito  ao Profeta  Danyahu=Daniel 12,10;





O ESCURECIMENTO DO SOL E DA LUA




  

       

Vinte cinco anos depois do terremoto de Lisboa apareceram o sinal seguinte mencionado na profecia, o escurecimento do sol e da lua. O que tornou isto mais surpreendente foi o fato de que o tempo de seu cumprimento fora definidamente indicado. Na palestra do salvador com os seus discípulos, no monte das Oliveiras,depois , depois de descrever o longo período de provação da Kehilah; os 1260 anos da perseguição papal, relativamente os quais prometera ele ser abreviada a tribulação; mencionou Jesus certos acontecimentos que precederiam a sua vinda, e fixou o tempo em que o primeiro destes grandes sinais deveria ser testemunhado:"naqueles dias, depois daquela aflição, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz."Marku 13:24. Os 1260 dias, ou anos, terminaram em 1798. Um quarto de século antes, a perseguição tinha cessado quase inteiramente. Em seguida a essa perseguição, segundo as palavras de Cristo, o sol deveria escurecer-se. A 19 de maio de 1780 cumpriu-se esta profecia.
        Único ou quase único em sua espécie pelo misterioso e até agora inexplicável fenômeno que nele se verificou...foi o dia escuro de 19 de maio de 1780-de inexplicável escuridão que cobriu todo o céu e atmosfera visíveis em Nova Inglaterra- R. M. Devens, Nosso primeiro século, pag. 89.
        Uma testemunha ocular que via em Massachusetts, descreve o evento como segue:
        Pela manhã surgiu o sol, mas logo se ocultou. As nuvens se tornaram sombrias e densas, negras e ameaçadoras como logo se mostraram, chamejavam relâmpagos; ribombavam trovões, caindo leve aguaceiro. Por volta das nove horas , as nuvens se tornaram mais finas, tomando uma aparência bronzeada ou acobreada, e a terra, pedras, árvores, edifícios, água e as pessoas tinham aspecto diferente por causa dessa estranha luz sobrenatural. Alguns minutos mais tarde, pesados nuvem negra espalhou por todo o céu, exceto numa estreita orla do horizonte e ficou tão escuro com usualmente é às nove horas de uma noite de verão.
      "Temor , ansiedade e pavor encheram gradualmente o espírito do povo. Mulheres ficaram a porta olhando para a negra paisagem; os homens voltavam dos seus labores nos campos; o carpinteiro deixava as suas ferramentas, o ferreiro a forja, o negociante o balcão. As aulas eram suspensas, e as crianças tremendo, fugiam para casa . os viajantes acolhiam-se á fazenda mais próxima. O que será? Inquiram todos os lábios e os corações. Dir-se-ia que um furacão estava prestes a precipitar-se sobre o país, ou fosse o dia da consumação de todas as coisas.
       "Acenderam-se as velas, e o fogo da lareira brilhava tanto como em noite de outono sem luar...;o gado juntava-se no estábulo e berrava; e as rãs coaxavam; os pássaros entoavam seus gorjeios vespertinos;e os morcegos voavam em derredor. Mas os seres humanos sabiam que não era noite...

          O Dr. Natanael whittaker, pastor da igreja do tabernáculo, em salém, dirigia serviços religiosos na casa de culto e pregava um sermão no qual sustentou que as trevas eram sobrenatural. Reuniram-se congregações em muitos outros lugares. Os textos para esses sermões extemporâneos invariavelmente os que pareciam indicar as trevas de acordo com a profecia bíblica...As trevas foram densíssimas logo depois das onze horas “-O Antiquário de Essex, salém, mass., abril de 1899 (vol. II N. 4 páginas . 53, 54).
         "Na maioria dos lugares do país foram tão grandes (as trevas) durante o dia, que as pessoas não podiam dizer à hora, quer pelo relógio de bolso quer pelo de parede, nem jantar, nem efetuar suas obrigações domésticas sem a luz de velas...
           A extensão dessas trevas foi extraordinária. Observaram-se na parte oriental até Falmouth.  Para o oeste, atingiram a parte mais remota de Connecticut e a Albany.para o sul foram observadas ao longo das costas , e ao norte até onde se estende a colonização americana-Dr. Wm. Gordons, história do início, progresso e estabelecimento dos EE. UU. Vol. II, pag. 57 (N.Y., 1789).
           As intensas trevas daquele dia foram seguidas, uma ou duas horas antes da noite,por um céu parcialmente claro, e apareceu o sol, posto que ainda obscurecido por negro e pesado nevoeiro. "depois do pôr-do-sol, as nuvens novamente subiram, e escureceu muito rapidamente.” Tão pouco foi às trevas da noite menos incomuns e aterrorizadas do que as do dia;não obstante haver quase lua cheia, nenhum objeto se distinguia a não ser com o auxílio de alguma luz artificial, que, quando vistas das casas vizinhas ou de certos lugares a certa distância, aprecia através de uma espécie de trevas egípcias, que se afiguram quase impermeáveis aos raios "-Thomas, Espia de Massachussetts, ou oráculos Americano da Liberdade. vol. x, N. 472



Vinte cinco anos depois do terremoto de Lisboa apareceram o sinal seguinte mencionado na profecia, o escurecimento do sol e da lua. O que tornou isto mais surpreendente foi o fato de que o tempo de seu cumprimento fora definidamente indicado. Na palestra do salvador com os seus discípulos, no monte das Oliveiras,depois , depois de descrever o longo período de provação da Kehilah; os 1260 anos da perseguição papal, relativamente os quais prometera ele ser abreviada a tribulação; mencionou Jesus certos acontecimentos que precederiam a sua vinda, e fixou o tempo em que o primeiro destes grandes sinais deveria ser testemunhado:"naqueles dias, depois daquela aflição, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz."Marku 13:24. Os 1260 dias, ou anos, terminaram em 1798. Um quarto de século antes, a perseguição tinha cessado quase inteiramente. Em seguida a essa perseguição, segundo as palavras de Cristo, o sol deveria escurecer-se. A 19 de maio de 1780 cumpriu-se esta profecia.
        Único ou quase único em sua espécie pelo misterioso e até agora inexplicável fenômeno que nele se verificou...foi o dia escuro de 19 de maio de 1780-de inexplicável escuridão que cobriu todo o céu e atmosfera visíveis em Nova Inglaterra- R. M. Devens, Nosso primeiro século, pag. 89.
        Uma testemunha ocular que via em Massachusetts, descreve o evento como segue:
        Pela manhã surgiu o sol, mas logo se ocultou. As nuvens se tornaram sombrias e densas, negras e ameaçadoras como logo se mostraram, chamejavam relâmpagos; ribombavam trovões, caindo leve aguaceiro. Por volta das nove horas , as nuvens se tornaram mais finas, tomando uma aparência bronzeada ou acobreada, e a terra, pedras, árvores, edifícios, água e as pessoas tinham aspecto diferente por causa dessa estranha luz sobrenatural. Alguns minutos mais tarde, pesados nuvem negra espalhou por todo o céu, exceto numa estreita orla do horizonte e ficou tão escuro com usualmente é às nove horas de uma noite de verão.
      "Temor , ansiedade e pavor encheram gradualmente o espírito do povo. Mulheres ficaram a porta olhando para a negra paisagem; os homens voltavam dos seus labores nos campos; o carpinteiro deixava as suas ferramentas, o ferreiro a forja, o negociante o balcão. As aulas eram suspensas, e as crianças tremendo, fugiam para casa . os viajantes acolhiam-se á fazenda mais próxima. O que será? Inquiram todos os lábios e os corações. Dir-se-ia que um furacão estava prestes a precipitar-se sobre o país, ou fosse o dia da consumação de todas as coisas.
       "Acenderam-se as velas, e o fogo da lareira brilhava tanto como em noite de outono sem luar...;o gado juntava-se no estábulo e berrava; e as rãs coaxavam; os pássaros entoavam seus gorjeios vespertinos;e os morcegos voavam em derredor. Mas os seres humanos sabiam que não era noite...

          O Dr. Natanael whittaker, pastor da igreja do tabernáculo, em salém, dirigia serviços religiosos na casa de culto e pregava um sermão no qual sustentou que as trevas eram sobrenatural. Reuniram-se congregações em muitos outros lugares. Os textos para esses sermões extemporâneos invariavelmente os que pareciam indicar as trevas de acordo com a profecia bíblica...As trevas foram densíssimas logo depois das onze horas “-O Antiquário de Essex, salém, mass., abril de 1899 (vol. II N. 4 páginas . 53, 54).
         "Na maioria dos lugares do país foram tão grandes (as trevas) durante o dia, que as pessoas não podiam dizer à hora, quer pelo relógio de bolso quer pelo de parede, nem jantar, nem efetuar suas obrigações domésticas sem a luz de velas...
           A extensão dessas trevas foi extraordinária. Observaram-se na parte oriental até Falmouth.  Para o oeste, atingiram a parte mais remota de Connecticut e a Albany.para o sul foram observadas ao longo das costas , e ao norte até onde se estende a colonização americana-Dr. Wm. Gordons, história do início, progresso e estabelecimento dos EE. UU. Vol. II, pag. 57 (N.Y., 1789).
           As intensas trevas daquele dia foram seguidas, uma ou duas horas antes da noite,por um céu parcialmente claro, e apareceu o sol, posto que ainda obscurecido por negro e pesado nevoeiro. "depois do pôr-do-sol, as nuvens novamente subiram, e escureceu muito rapidamente.” Tão pouco foi às trevas da noite menos incomuns e aterrorizadas do que as do dia;não obstante haver quase lua cheia, nenhum objeto se distinguia a não ser com o auxílio de alguma luz artificial, que, quando vistas das casas vizinhas ou de certos lugares a certa distância, aprecia através de uma espécie de trevas egípcias, que se afiguram quase impermeáveis aos raios "-Thomas, Espia de Massachussetts, ou oráculos Americano da Liberdade. vol. x, N. 472


A  LUA VERMELHA  COMO  SANGUE

o dia mais escuro do mundo 19  de Agosto de1780
O Sol convertido em Trevas.
“E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas” (Mat 24:29).
     


Quase, senão realmente, como o mais misterioso dos fenôme­nos de sua espécie, na diversificada linha de eventos da Nature­za...está o dia escuro de 19 de maio de 1780 - a mais inenarrável escuridão de toda a parte visível do céu e da atmosfera da Nova In­glaterra” - R. M. Devens, Our First Century, págs. 89 e 90.

“A escuridão da noite seguinte foi provavelmente tão intensa quanto a mais intensa observada desde que o ‘Haja luz’ do Todo-Poderoso deu origem à luz.... Eu não podia conceber, nessa oca­sião, que se cada corpo luminoso tivesse sido envolvido em sombras impenetráveis, ou banido da existência, as trevas fossem mais completas. Uma folha de papel branco, mantida a pequena distância dos olhos, era praticamente tão invisível quanto o mais negro veludo.” - Samuel Tenny do Exeter, New Hampshire. Cita­do por Urias Smith em The Prophecies of Daniel and the Revelation, pág. 445.

“Que as trevas não foram causadas por um eclipse é manifesto pelas diferentes posições dos planetas de nosso sistema, nessa oca­sião; pois a Lua estava a mais de cento e cinquenta graus do Sol nesse dia”. — Dr. Samuel Stearns, no Independent Chronicle, Bos­ton, 22 de junho de 1780.

Na noite seguinte, a Lua se mostrou de um vermelho sanguí­neo. A causa exata para isso jamais foi estabelecida. Incêndios flo­restais chegaram a ser aventados como provável causa, mas essa é uma possibilidade pouco aceitável, especialmente, levando-se em conta afirmações científicas de que a causa é desconhecida.


O sol se converterá em trevas , e a lua em sangue, antes do grande e terrível dia de  "Yahveh” Joel 2:31.

A lua tornou-se vermelha como sangue na noite do dia “escuro” de 19 de maio de 1780. Milo Bostick em “História das pedras de Massachusetts” diz: “A lua que estava cheia, tinha a aparência de sangue”...
...no calendário  luni-solar  do Criador  Yahveh,  essa data ocorreu  no  dia  15 (lua cheia) do mês 3° no ano  de  5754 ec...


      Disse uma testemunha ocular daquela cena: "Não pude senão concluir, naquela noite ocasião, que, se todos os corpos luminosos do universo tivessem sido envoltos em sombras impermeáveis ou arrancados da existência, as trevas não teriam sido mais completas."-Carta do Dr. Samuel Tenney, Exeter, N. H., dezembro de 1785.
           Posto que às nove horas daquela noite a lua surgisse cheia, "não produziu o mínimo efeito em relação àquelas sombras sepulcrais." depois de meia noite as trevas se desvaneceram, e a lua, ao surgir, tinha a aparência de sangue.


Carta do Dr. Samuel Tenney, Exeter, N. H., dezembro de 1785.


O fenômeno aconteceu em 19 de maio de 1780 na Nova Inglaterra (EUA) e Canadá, e foi conhecido como o Dark Day ou Dia Escuro. Pelo nome, você já entendeu: foi um dia escuro.

Nos últimos 232 anos, historiadores e cientistas têm discutido a origem do evento: seria um vulcão, uma nuvem de fumaça, um asteróide, ou algo mais sinistro


           O dia 19 de maio de 1780 figura na história como "o dia escuro.” Desde o tempo de Moisés, nenhum período de trevas de igual densidade, extensão e duração, já se registraram. A discrição deste conhecimento, como dada por testemunhas oculares, não é senão um eco das palavras do Senhor, registradas pelo profeta Joel, dois mil e quinhentos anos antes de seu cumprimento: "O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue ,antes que venha o grande dia do senhor." Joel 2:31.



"chuva  de estrelas  no sexto selo"                  13-11-1833...
 Anos  depois de Yachanam  ter  ouvido  de Yahshuah  que  as estrelas  cairiam  do shamaym=céus. Como   um  sinal eminente  de  sua  shene  biat=segunda  vinda.  O  mesmo  talmid-discípulo  contemplou  esse  espetáculo  maravilhoso  em uma  visão  também profética, na  Ilha  de Patimos. E   as  estrelas  caíram  do shamaym=céus  como  quando “...a figueira  lança  de  si  seus  figos  verdes  abalada  por  um vento forte”.  Esse  sinal  conciso    teve  o  seu   cumprimento    nessa  impressionante  chuva  meteórica  em 13  de Novembro  de 1833...no calendário  luni-solar  do Criador  Yahveh  essa data ocorreu  (no  dia  02 do   9° mês  do ano 5807 ec) um  dia depois  da primeira crescente  visível.!
Nesse  dia  singular  da  historia, estalou  sobre a  terra  uma  tempestade  de estrelas  cadentes, toda  a America  do  norte, testemunhou  a  grandeza  de  sua  violência;  Do  Golfo  do México  ao  Canadá,  o  shamaym=céus  foi  iluminado  com riscos  brilhantes  em  todas  as  direções  e iluminados  por  majestosos  meteoros  resplandecentes.  Até que  a luz  do  dia  pôs  fim  a essa  extasiante  exibição. Provavelmente  diz       um historiador;  nenhum  fenômeno  celeste  ocorreu  nesse continente (America  do  norte) desde  a  sua colonização.  Que  fosse  olhado  com  tanto  deleite  por  uma  classe  de  pessoas;  ou espanto  e medo  por  outra!

A ciência do Século XIX, na verdade, não estava capacitada para explicar que as aparentes estrelas que caíram do firmamento eram simples fragmentos do "Cometa Tempel Tuttle", que se inflamam no choque com a atmosfera terrestre.

Como o cometa passa a cada 33 anos, em 1998 o mistério ficou bem esclarecido:

“Quem viu se encantou, quem não viu talvez não veja mais. O dilúvio de estrelas cadentes que deixou gente de nariz para cima e olho arregalado em novembro pode não se repetir nos próximos anos. Tudo porque Júpiter está desviando o cometa Tempel Tuttle, a fonte dos fragmentos que iluminaram o céu no dia 17 de novembro ... ‘O Tuttle deve passar cada vez mais longe de nós’, disse à SUPER Daniel Green, da Universidade Harvard.” (Superinteressante), dezembro de 1998, pág, 10).

“Dezembro de 1997
O Tempel Tuttle se aproximou da Terra e do Sol, como acontece a cada 33 anos”
“Fevereiro de 1998
Feito de gelo e poeira, ele se desmanchou sob o calor e deixou um rastro de grãos de pó.
Novembro de 1998
A terra atravessou os resíduos, que se queimaram no choque com o ar. Foi um show.” (Idem, pág. 11).

Não resta dúvida de que, “como acontece a cada 33 anos”, a Terra atravessou os resíduos do cometa em 1833 e 1866, resultando no maravilhoso espetáculo, extremamente mais intenso do que o de 1998, uma vez que o cometa está passando ‘cada vez mais longe de nós’.

As estrelas do céu não caíram pela a terra como sonhou João (Apoc. 6:13) e como pensaram os adventistas. Tal fenômeno, dada a proporção entre a terra e as estrelas, seria comparável a colocar um mosquito no espaço e lançar sobre ele todos os elefantes do mundo (João de Freitas Pereira, em A Arriscada Pretensão de saber o Futuro) www.bhservico.com.br/futuro.htm

Nota-se  a exatidão  da profecia!  as  estrelas  não  cairam  como  que  lançadas  de diferentes  árvores,  porem,  de uma  só!  Também  não  caíram  como  figo  maduros;  Longe  disso,  elas  voavam  arrebicadas  como figos  verdes  que  não  querem  despregar-se  de seus  ramos.  Mas,  violentamente  arrancadas,  como  que  por  um  vento  forte.
Se  precipitavam  em  várias  direções,  exatamente  como  descreve  o  relato  profético.  O  que  resta  para  ser  cumprido  desse  selo. É   o chamam=céus  enrolar-se  como  um  pergaminho  e os  montes  e ilhas  se moverem  dos  seus  lugares.  Esses  acontecimentos sucederão  dentro dos  últimos  15  anos  antecedentes  á  sheni  biat  mashyah=2ª  vinda  do Mashyah  no  final  do  olam  hazeh=era  atual,  e inicio  do  olam  habah=era vindoura, e inicio  do  atid  lavou=milênio  do Mashyah. No  ano 2043  segundo    a  divrey  kadoshim=palavra da profecia  cronológica  nos  ketuvym  kadosh=da  Leshom  hakodesh= Escrituras  Sagradas.

Ivonil ferreeira d e carvalho...