domingo, 13 de novembro de 2016

BAAL---ETIMOLOGIA...!!!

                                                     BAAL---ETIMOLOGIA...!!!






Definição gramatical de "BAAL"

Baal (em hebraico: בַּעַל) é uma palavra semítica que significa Senhor ou Lord. A raiz da palavra significa ele governa ou ele possui, de onde vem o significado literal de senhor ou lord, e também de marido...dependendo de onde o termo s e aplica...assim na morfologia linguistica BAAL é definido como uma palavra polissemica!
O que é Polissemia:
Polissemia é um conceito da área da linguística com origem no termo grego polysemos, que significa "algo que tem muitos significados". Uma palavra polissêmica é uma palavra que reúne vários significados.
A palavra "vela" é um dos exemplos de polissemia. Ela pode significar a vela de um barco; a vela feita de cera que serve para iluminar ou pode ser a conjugação do verbo velar, que significa estar vigilante.
As diferentes variantes de significado podem depender da afinidade etimológica do vocábulo em causa, do seu uso metafórico e, em última instância, do contexto em que se insere, onde, na prática, o termo fica monossêmico, assegurando desta forma a comunicação.


"ADORAÇÃO  Á BAAL-IM

Baal (em hebraico בַּעַל) é uma palavra semítica que significa Senhor, Lorde, Marido ou Dono (Dom). Esta palavra em hebraico é cognata de outra em acádio, Bel, com o mesmo significado. A forma feminina de Baal é Baalath, o masculino plural é Baalin, e Balaoth no feminino plural. Esta palavra não tinha conotação exclusivamente religiosa.



Baal (em hebraico בַּעַל) é uma palavra semítica que significa Senhor, Lorde, Marido ou Dono (Dom). Baal é representado em grego como Belos e em latim como Belus. Esta palavra em hebraico é cognata de outra em acádioBel, com o mesmo significado. A forma feminina de Baal é Baalath, o masculino plural é Baalin, e Balaoth no feminino plural. Esta palavra não tinha conotação exclusivamente religiosa, podendo ser empregada em relações pai e filhos (por exemplo) não sendo obrigatória uma separação hierárquica.
...BAAL-BERITE [Senhor da Aliança] BAAL adorado em Siquém (Jz 8.33).
BAAL-PEOR [Senhor da Abertura] BAAL dos moabitas, adorado no monte Peor (Nm 25.1-5; pronuncia-se Peôr).
BAAL-ZEBUBE [Senhor das Moscas] BAAL dos filisteus, adorado na cidade de Ecrom (2Rs 1.2-16; v. BELZEBU).
[1]
ASERÁ V. POSTE-ÍDOLO.
BELZEBU [Senhor das Moscas] Nome do príncipe dos demônios, que é o próprio Satanás (Mt 12.24). Parece derivar-se de BAAL-ZEBUBE.
[2]
ASERÁ V. POSTE-ÍDOLO.
POSTE-ÍDOLO A imagem de Aserá, deusa da fertilidade adorada pelos fenícios e pelos sírios em culto imoral, junto com BAAL, o seu companheiro (Jz 3.7; Is 27.9).
[3]
BELZEBU [Senhor das Moscas] Nome do príncipe dos demônios, que é o próprio Satanás (Mt 12.24). Parece derivar-se de BAAL-ZEBUBE.


BÍBLIA, HADES, etc, SÓ POR QUE tais palavras foram usadas para nomear ÍDOLOS ou usadas em referência a alguma idolatria, ou a alguma maldade!

BAAL



[1] O palavra BAAL pode ser substantivo (ba'al - H1168), significando "senhor", "dono" ou "marido".

...
(a) A palabra BAAL, geralmente, refere-se a ÍDOLOS (1Rs 18:18-22 - 1Rs 18:25,26 - 2Rs 10:18-28 - Jz 2:13)

(b) Em algumas passagens, a palavra BAAL significa, literalmente, "esposo/marido" de mulher (Gn 20:3 - Ex 21:22 - Dt 22:22 - Pv 12:4);

(c) A palavra BAAL também está presente em nomes de pessoas: BAAL (1Cr 8:30), Esh-BAAL (1Cr 8:33 - 1Cr 9:39), Meribe-BAAL (1Cr 8:34 - 1Cr 9:40)

(d) A palavra BAAL pode ser o verbo "desposar/casar-se (ba'al H1166 - בָּעַל)", ocorrendo nas seguintes passagens: Gn 20:3 - Dt 21:13 - Dt 22:22 - Dt 24:1 - 1Cr 4:22 - Pv 30:23 - Is 26:13 - Is 54:1 - Is 54:5 - Is 62:4 - Is 62:5 - Jr 3:14 - Jr 31:32 - Ml 2:11. Nas passagens em Isaías 54:5 e em Jeremias 31:32, o verbo BA'AL refere-se a DEUSES-IDOLOS; os principais manuscritos da TANAKH (= Antigo Testamento) são (a) o Códice Aleppo e (b) o Códice Leningrado; a palavra BAAL aparece na passagem, em Jeremias 31:32, no Códice Leningrado, mas não aparece no Códice Aleppo.

[2] No Novo Testamento (Brit Hadashah) traduzido em ARAMAICO, a palavra BAAL é usada, significando, literalmente, "esposo/marido" de mulher (Mc 10:12 - Lc 2:36 - Jo 4:12 - Rm 7:2 - 1Co 7:2 - Ef 5:22 - Tt 1:6 - 1Pe 3:1)

[3] No Hebraico Moderno, a palavra BAAL é usada na expressão BAAL RACHAMIM (Senhor das misericórdias), usada EM ORAÇÕES e EM CANÇÕES JUDAICAS (veja, no YouTube, a canção judaica chamada "Machnisei Rachamim") e o RETORNO AO JUDAÍSMO é chamado, pelos judeus, de BAAL TESHUVAH.

[4] No Hebraico Moderno, o verbo BAAL (a sílaba tônica é a última) NÃO é tão usado, sendo, às vezes, usado, significando "CRUZAR", referindo-se a animais. Exemplo:

(a) "O cachorro cruzou com a cadela" = "ha kelev ba'al et ha kalba".

[5] No Hebraico Moderno, o substantivo BAAL (a sílaba tônica é a primeira) é usado com o sentido de "MARIDO/ESPOSO" ou "DONO"; muitas mulheres preferem NÃO chamar seus maridos de BAAL, mas muitaS NÃO se importam com isso! Exemplos:

(a) "o meu marido = ba'al-i";

(b) "Quem é o seu marido = Mi ba'al-ikh?";

(c) "Ela tem um marido bonito = Yesh la ba'al khatikh";

(d) "O dono da casa não está aqui = Ba'al ha-bait lo nimtsa";

(e) "Ele é o dono deste cachorro = Hu ha-ba'al shel ha-khlev ha-zeh".

IVONIL FERREIRA  DE CARVALHO

Nenhum comentário:

Postar um comentário