segunda-feira, 29 de maio de 2017

O Nome do Criador no DNA humano - Assinatura

O Nome do Criador no DNA humano - Assinatura
 

Teus olhos viram meu corpo informe, ainda, no Teu
rolo todos os meus membros já estavam anotados, que
foram formados quando ainda nenhum deles existia
(TEHILLIM – SALMOS 139;16)

O assuntos que vamos tratar aqui, transcende em muito a nossa singela compreensão da vida que nos rodeia, com toda a nossa pequenez e superficialismo. Tudo o que nos resta é esvaziar-nos e render-nos humildemente  diante da perfeição do assombroso poder do Criador!  Criação, design, exatidão matemática, beleza, elegância e  perfeição!

Para compreendermos o tema, primeiro temos que ter o conhecimento de alguns fatos:

O alfabeto hebraico:

Diferente da nossa linguagem latina, as palavras no hebraico são escritas apenas com consoantes,  que podem ser lidas de diferentes maneiras  com o auxílio de diferentes vogais, que não são sinalizadas e pontuadas, por isso poderiam se lidar de diversas maneiras. Cada letra corresponde a palavras, de diferente natureza e índole que lhe dão uma amplitude de sentidos. As letras também possuem  valores. Sim, valores numéricos! De forma que as palavras, também transmitem valores. Quando se lê uma palavra se lê um valor matemático! Quando se juntam letras na formação de uma palavra temos também códigos e frases...

O alfabeto e a construção da linguagem hebraica estão além da simples escrita e fonética, ela associa a palavra com a essência do conhecimento da vida e da história humana, ela transcende do físico, adentra na ciência, e descodifica a vida. De modo que tudo o que vemos a primeira vista é  superficial, e a medida que nos aprofundamos só compreendemos nossa incapacidade em adentrarmos no infindável, e só temos que nos render ao fato de que seremos eternos aprendizes!



Vemos isto claramente na tão conhecida decifração da mensagem das 4 letras letras que compõem o nome YAHVEH.

O original pictograma semita, da primeira letra, é um braço e uma mão. O significado desta letra é: trabalhar, fazer e jogar - todas as funções da mão. O nome “yud”, no hebraico moderno, é um derivado das duas letras da palavra “yad” que significa “mão”, o nome original para a letra.

A próxima letra é um homem em pé com os braços erguidos. O hebraico original e moderno para esta letra é “hey.” A palavra hebraica “hey” significa “contemplem”. Esta palavra também pode significar uma “respiração” ou “suspiro”, como se faz quando se olha para uma grande visão. O significado da letra é contemplem, visão, respiração, suspiro e revelar ou a revelação da ideia de revelar uma grande visão, apontando para ela.

 O pictograma original usado no Primeiro manuscrito Semita para VAV - prego - é um, uma imagem de uma estaca. As estacas eram feitas de madeira e podiam ter a forma de Y para impedir que a corda deslizasse.

O nome termina com mais um “hey “
Mão – Contemplem – Prego - Contemplem!
E no hebraico moderno tempos as palavras :
 Mão -  Furo – Prego – Furo!

Na simbologia, então, o nome do Pai eterno, no hebraico antigo, revela o Seu plano de salvação através de Seu Filho unigênito: Como é maravilhoso o nosso Pai!

Mas como disse, as letra do alfabeto hebraico também possuem uma valor numérico:

Nas quatro letras que compõem do nome do Eterno –  יהוה  os valores numéricos são:

י  - é a décima letra do alfabeto cujo valor numérico é 10
ה - é a quinta letra do alfabeto cujo valor numérico é 5
ו -  é a sexta letra do alfabeto cujo valor numérico é 6
ה - é a quinta letra do alfabeto cujo valor numérico é 5

Agora pasmem com esta informação:

Recentemente cientistas estudando o DNA que é a sigla para: Ácido desoxirribonucleico, composto orgânico cujas moléculas contém instruções genéticas – que  é o “programa, o softwere da vida” que  coordena o desenvolvimento e funcionamento de todos os seres vivos, está escrito no núcleo das células, no interior dos cromossomos. É o mais avançado código conhecido pela humanidade!
Os segmentos de DNA que contém a informação genética são chamados de
 genes.

A,  Adenina;  T, Timina;  G, Guanina; C, Citosina  - em forma de código no interior de cada célula de seu corpo são livros escritos, um “mapa genético”, 23 pares de cromossomos, os programas da vida, com todos os tipos de instintos, cor do olhos, pele e cabelo, suas texturas e formas, tudo o que você aparenta por fora e cada característica de seus órgãos internos bem como o seu devido funcionamento, estão detalhados, escritos, no DNA na sequencia de genes agrupados e distintos. Livros escritos de tudo o que você é, como pensa e age.

Um grupo de pesquisadores  atestaram que uma sequencia de números se repete em forma de código no DNA, segundo as palavras deles – “este código parece como uma “assinatura”. Ao considerar a carga dos elementos químicos do DNA o seguinte padrão numérico se repete:

10 – 5 – 6 - 5
Eles então passaram a tentar decifrar este código, e tiveram a idéia de substituir os números por letras hebraicas. Como vimos os números hebraicos são letras.

10 – 5 – 6 - 5 correspondem as letras Yod - Hé - Vav - Hé - יהוה - Yahveh!

Impressionante!




O Criador assina suas obras!!!

O que as pessoas não compreendem é que a palavra Deus - não corresponde ao tetragrama e a letra "J"  não existe no alfabeto hebraico!
Por 
Ivonil F. Carvalho
Diná Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário